sexta-feira, 1 de junho de 2012

O Projeto “O QUE é que eu faço com meu filho?”

Caros Irmãos em Cristo,

O Projeto “O QUE é que eu faço com meu filho?” nasceu para restaurar relacionamentos familiares e principalmente prevenir contra males que atingem o ser humano desde a adolescência. Os psicólogos revelam que males como: dores físicas, doenças, complexos, medos sem sentido que podem se transformar em pavores, sentimento de insegurança, de desânimo e outros, têm as suas raízes plantadas na infância. Atitudes que tomamos com nossos filhos quando ainda são pequenos, palavras que na hora da raiva ou cansaço pronunciamos, a falta de atenção, a indiferença, comparações e diferenças que fazemos são as causas do desenvolver de todos estes males na vida de um ser humano.

Ora, se queremos adultos mais felizes, autoconfiantes, saudáveis, mais capazes e bem sucedidos, temos que deixar de fazer os erros que cometemos com nossos filhos quando ainda são pequenos. Precisamos ensinar nossa geração de pais, tutores, avós e também adultos que tem sob sua responsabilidade uma criança, (como por exemplo, professores e babás) como funciona a mente e o desenvolvimento da criança, este é o caminho!

Através deste ensinamento, os adultos aprendem o porquê de certas reações e teimosias das crianças e descobrem como lidar com estas situações, e o resultado é um melhor relacionamento entre adultos e crianças e consequentemente lares mais harmoniosos e pessoas mais felizes e mais próximas de DEUS.

Aprendemos também como ter uma criança mais obediente, que goste de estudar, que saiba respeitar os pais, uma criança mais inteligente com maior raciocínio e capacidade para aprender e se desenvolver para se tornar um adulto sadio, feliz e bem sucedido. Por isso podemos ver, por exemplo, crianças de 5 anos de idade tocando violão ou piano melhor do que um adulto profissional.

DEUS quer construir um futuro melhor para as gerações que estão chegando! Prevenir é melhor do que remediar. Com pequenos cuidados agora teremos menos problemas mais tarde em relação aos nossos filhos. E podemos também amenizar os danos causados nas crianças, adolescentes, jovens e adultos que vivem hoje. A Família é a primeira instituição social da vida e por isso merece toda a atenção e cuidado desde o principio de sua existência, ou seja, à partir do momento em que os pais planejam ou descobrem a chegada de um bebê. Investindo no bem estar da família, teremos uma sociedade transformada e feliz, com maior capacidade para se desenvolver e conquistar seus sonhos. E com isso, cidades mais organizadas e um país que servirá de exemplo à muitos que ainda buscam a solução para diminuir ou evitar problemas como vícios e distúrbios emocionais que levam as pessoas a destruírem a própria vida.

Mudanças são possíveis a partir do momento em que os próprios seres humanos enxergam e decidem que existe sempre um lado bom e que não somos obrigados a viver no ‘contexto’ do mundo atual de tragédias e sensacionalismo. DEUS existe e quer nos presentear com toda sorte de bênçãos que ELE tem preparado para nós. Existe um mundo novo, uma vida nova esperando por nós, cheio de Paz, Harmonia, Alegria e onde vivemos e conhecemos a essência de DEUS chamada: AMOR. Conto com vocês para espalhar esta boa nova!

O projeto “O QUE é que eu faço com meu filho?” pode ser ministrado em igrejas, escolas, reuniões, células, lares, onde for preciso! Contatos através do e-mail: projeto.filhos@yahoo.com.br ou p/ tel. (11) 2659 6940 e (11) 9541 0720

O QUE você quer para o seu filho?
O futuro de seu filho depende de você!
        


Jocelyne F. Forrat
"Sorria, você está sendo lembrado !"  

Um comentário:

  1. Pr. Paulinho do Rio1 de junho de 2012 16:18

    Esse trabalho é maravilhoso!
    Muito nobre, e engrandecedor do Reino de Deus. Abençoador da família e da sociedade. Deus abençoe sempre. Abraços! Pr. Paulinho do Rio.

    ResponderExcluir

http://ministresfiretothenations.blogspot.com