quarta-feira, 4 de julho de 2012

Morre o pastor Custódio Rangel do Centro Evangelístico Internacional

O presidente do Centro Evangelístico Internacional, o pastor Custódio Rangel Pires, morreu na noite desta terça-feira. A cerimônia fúnebre acontece nesta quarta, no templo central do Centro, em Niterói, Rio de Janeiro. O enterro será realizado amanhã.

  • Custódio Rangel Pires
    (Foto: Fantástico)
    Imagem de Custódio Rangel Pires em entrevista no Fantástico.
Pastor Custódio era empresário e presidente da Associação de Homens de Negócios do Evangelho Pleno (Adhonep), diretor executivo da CPAD e fundador e pastor presidente do Centro Evangelístico Internacional de Icaraí, Niterói.

Custódio é conhecido por almas para Jesus. Ele fundou o Centro Evangelístico Internacional em 1977 de dois anos depois ele assumiu a diretoria da Casa Publicadora, onde promoveu grande progresso da editora nos anos seguintes. Em seguida ele reassumiu a presidência da Adhonep no Brasil.

Como um empresário bem-sucedido, ele comoveu o Brasil quando em nome de Jesus Cristo, mudou a vida da pessoa que iria sequestrá-lo e matá-lo.

Ronaldo Miguel Monteiro, que era sequestrador profissional, tinha como sua próxima vítima, Custódio. Ele planejava matá-lo depois de receber o resgate. Porém, o crime não deu certo e Ronaldo foi preso e condenado a 28 anos de prisão por seus crimes.

Antes de completar a pena, Ronaldo teria sua vida mudada depois de receber a visita de Custódio, aquele que ele planejou sequestrar e matar. Custódio o levou a Cristo e foi quando Ronaldo mudou sua vida.


 “Jesus amou todos. Temos que fazer alguma coisa. Então, uma boa pescaria seria se eu ganhasse Ronaldo para Jesus. E aconteceu isso”, disse Custódio em reportagem do Fantástico na época.

Custódio não somente ganhou uma vida com Ronaldo, mas muitas outras através de Ronaldo que depois passou a engajar em projetos sociais, começando de dentro da prisão. Hoje ele coordena uma ONG que ajuda presos a se qualificarem profissionalmente.

A ação de Custódio na vida de Ronaldo virou depoimento que chamou atenção do Brasil no programa “Viver a Vida” de Manoel Carlos.

Custódio também foi autor de livros de sucesso como “Fidelidade traz sucesso” e “O melhor negócio do mundo”.
FONTE CHRISTIAN POST

VIA CRUZADA DESPERTAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

http://ministresfiretothenations.blogspot.com